Sobrenatural Brasil
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Baphomet

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ir em baixo

default Baphomet

Mensagem por † Lobo † em Dom 3 Fev 2013 - 18:54

Figura panteística e mágica do absoluto. O facho colocado entre os dois chifres representa a inteligência equilibrante do ternário; a cabeça de bode, cabeça sintética, que reúne alguns caracteres do cão, do touro e do burro, representa a responsabilidade só da matéria e a expiação, nos corpos, dos pecados corporais. As mãos são humanas para mostrar a santidade do trabalho; fazem o sinal do esoterismo em cima e em baixo, para recomendar o mistério aos iniciados e mostram dois crescentes lunares, um branco que está em cima, o outro preto que está em baixo, para explicar as relações do bem e do mal, da misericórdia e da justiça. A parte baixa do corpo está coberta, imagem dos mistérios da geração universal, expressa somente pelo símbolo do caduceu. O ventre do bode é escamado e deve ser colorido em verde; o semicírculo que está em cima deve ser azul; as pernas, que sobem até o peito devem ser de diversas cores. O bode tem peito de mulher e, assim só traz da humanidade os sinais da maternidade e do trabalho, isto é, os sinais redentores. Na sua fronte e em baixo do facho, vemos o signo do microcosmo ou pentagrama de ponta para cima, símbolo da inteligência humana, que colocado assim, em baixo do facho, faz da chama deste uma imagem da revelação divina.
Baphomet 124
13 de Outubro de 1314. Por ordem de Filipe IV de França, centenas de cavaleiros da Ordem do Templo de Salomão (Templários) são presos e torturados, incluindo o seu Grão Mestre, Jacques DeMolay. As acusações contra estes eram muitas delas ridículas, na maioria relacionadas com blasfémia e heresia, tais como cuspir na Sagrada Cruz, mostrar as nádegas em plena Eucaristia , rituais homossexuais e adoração de ídolos demoníacos. Durante os duros processos de trotura, alguns cavaleiros soam um grito, numa mistura de sofrimento e tantativa de alívio, a palavra «Baphomet». Muitos são os significados atribuídos á origem da palavra mas aquela que me suscitou mais interesse: de acordo com um estudioso dos manuscritos do Mar Morto, “Baphomet” é um anagrama hebraico para a palavra “Sophia”, a antiga deusa da sabedoria. E segundo alguns dos Evangelhos Gnósticos Sophia encarnara o seu espírito no corpo de Maria Madalena.

Para desmistificar Baphomet:


A figura de Baphomet foi ressuscitada e reinterpretada para o vulgo,de uma maneira geral,no século passado por Eliphas Lévi (Alphonse Louis Constant) sob uma ótica alquímica. Quaisquer associações com o conceito maniqueísta cristão de Mal foram abolidas e Baphomet ressurge como um Grande Arcano Mágico de Iniciação.Tal criatura ganhou o status de demiurgo,um reflexo de como deve ser o ser iluminado que atingiu à Grande Obra em sua plenitude (converteu com sucesso Chumbo em Ouro).

Segundo a geometria-cabalística o nome de Baphomet deve ser pronunciado no sentido inverso,e é composto por três abreviaturas:TEM OHP AB.Tal abreviatura quer dizer respectivamente:Templi omnium hominum pacis abbas ("Pai do Templo - Paz Universal dos Homens").

A figura acima é uma reprodução do desenho elaborado por Eliphas Lévi de Baphomet. Este apresenta enorme simbolismo e riqueza em detalhes,detalhes estes pormenorizados nos subseqüentes parágrafos.

A Tocha contida entre seus dois cornos representa a Inteligência Equilibradora do Ternário.Assim,como pode representar o Azoth do ser plenamente aceso e fulgurante,projetando-se para o Alto (atingindo assim os Céus ou às Cabalísticas Séfiras Supernas).

Tal tocha simbólica também é a representação da Alma elevada sobre a Matéria,embora presa à própria Matéria como as flamas estão presas a tocha.
Sendo a Tocha,localizada entre os Cornos representando a Inteligência Equilibradora do Ternário,a Pomba Mercurial.

Os Cornos representam a Dualidade Equilibrada em parcelas iguais,opostos contidos no mesmo ser. Da mesma forma,que pode representar o aspecto mais animalesco Humano.

Em sua testa reside o Símbolo do Pentagrama,o Símbolo do Microcosmo (evidência de que este ser encontra-se contido em nosso Interno e não Impessoalmente no Externo).Assim,como o Pentagrama representa o Domínio do Espírito sobre todas os Elementos (estes representados pelas outras pontas do Pentagrama) e a Elevação Espiritual em sua Forma mais sublime (evidência de que Baphomet é um Arcano Mágico e de Natureza Transcendental-Espiritual segundo a ótica alquímica).

Tendo sido colocado abaixo da Tocha,este Pentagrama dá contornos de Revelação Divina à mesma.

Sua cabeça sintética de Bode ,comporta também traços do Cão,Touro e Asno.O Asno representam a responsabilidade da Matéria apenas.O Cão é uma manifestação de Hermanubis(Deus Cão Egípcio) que representa o Mercúrio dos Sábios,o Fluido,o Ar e a Água sob uma só forma.Touro é uma manifestação de Apep(Deus Touro Egípcio)e que representa a Terra,o Sal dos Filósofos.Por fim,o Bode representa uma fusão de conceitos místicos Egípcios e Hindus,e representa o Fogo,Símbolo da Geração e o Enxofre dos Alquimistas.

É interessante notar a Formação do Y Alquímico (Sal,Enxofre e Mercúrio)através do Touro,Bode e Cão respectivamente e que este encarcera-se na Matéria(representação do Asno).Este com suas mãos demonstra o perfectamente o postulado de Hermes Trismegistus ("Aquilo que está Acima é como aquilo que está Abaixo"),pois aponta com uma para o Alto e com outra para Baixo.

Em uma das mãos este Evidencia o Poder do Binário(a que aponta parta o Alto),e na outra este Binário manifestado através do Perfecto Ternário(a que aponta para Baixo).

As mãos são Humanas para representar à Santidade do Trabalho empreendido por este.
Acima de uma de suas mãos (a que aponta para o Alto),vê-se à Lua branca de Chesed,o poder da Misericórdia.Abaixo da outra mão vê-se à Lua Negra de Gedulah,o poder da Justiça.Signo este que expressa o acordo perfecto de Justiça com Misericórdia,criando assim a Justiça Misericordiosa.
A presença da Lua Negra e da Lua Branca representa também o equilíbrio perfecto entre Luz e Trevas no Ser.

Nos antebraços encontram-se escrito dois vocábulos: Solve e Coagula (respectivamente no antebraço do membro que aponta para o Alto e no antebraço do que aponta para Baixo).Estas frases são da autoria do alquimista Khunrath (Eliphas Lévi era grande admirador do maravilhoso trabalho do mesmo).Estas frases exprimem que aquele que porta Baphomet Manifestado dentro de si,deve saber Coagular(Reter,Passivo,Yin,Negativo,Feminino) e Solver (Movimentar,
Ativo, Yang, Positivo, Masculino), conter assim ambas as características.

O Corpo deste apresenta-se como o Andrógino de Khunrath mas adicionado de elementos animais (dando-o aspecto antropozoomórfico). A característica de Androgenia é para evidenciar que tal Figura possui Hadit e Nuit dentro de si,sendo o próprio Ra-Hoor-Khuit e portanto contendo elementos Masculinos e Femininos. Os aspectos zoomórficos dão a este uma analogia que ligue-o à Matéria e ao lado Humano Mais Bestial Equilibrado com o Divino (representado pela porção Humana deste pois para os Alquimistas a Forma de Deus é como a Forma Humana - "E pois Deus criou o Homem sua Imagem e Semelhança.."- Gênesis Capítulo I,Versículo 27).

O par de seios femininos também podem representar os Signos redentores da Maternidade e do Trabalho quando realizados no Plano da Grande Obra.Da mesma sorte que em comunhão com os braços Representam a Humanidade-Divinizada de tal ser.
O caduceu na sua região pélvica-peitoral representa o Equilíbrio Pleno dos Opostos (Trevas e Luz) dentro deste.

Sendo que este Símbolo de Hermes pode representar o o Poder Hermético contido nele.Assim como a projeção dos Mistérios da Geração Universal.

O Semicírculo,que deve ser de coloração azulácea,representa à sua Nuit perfectamente anexada a este.

Seu ventre apresenta-se coberto de escamas verdes,como um símbolo da Natureza Passiva e adaptadora dele (similar ao Conceito de Água para os Taoistas).

Da mesma sorte que acima das escamas pronunciam-se penas de diversas colorações.Tais penas são potencializações do Elemento Ar-Volátil contido neste.

Este panteu deve ter por assento um Cubo e por estrado deve possuir uma única Esfera,seja uma esfera e um escabelo triangular(para não tornar o desenho complexo em demasia estes pormenores foram retirados).O Cubo representa o Sal ou Pedra Filosofal sobre ao qual toda esta Imagem se abanca.A Esfera representa a potencialização deste conceito de Quadradura do Círculo.O escabelo triangular representa a potencialização do sentido de Elevação-Transcendental de tal Figura(o triângulo é Como o Fogo Ativ.
Bom Medo ExtremoBaphomet Novas10
Fonte: portugalparanormal.com
† Lobo †
† Lobo †
ADMINISTRADOR

Mensagens : 2175
Data de inscrição : 28/11/2011

Ver perfil do usuário https://www.sobrenaturalbrasil.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum