Sobrenatural Brasil
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

O livro de Belial

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ir em baixo

default O livro de Belial

Mensagem por † Lobo † em Seg 4 Fev 2013 - 1:46

Samantha é uma colecionadora de arte. Diversos quadros famosos
encontram-se em sua galeria. Muitas peças do período barroco fazem parte
do seu acervo, constituído principalmente por peças sacras e imagens de
santos. Seu principal fornecedor é um velho artista de Ouro Preto, em
Minas Gerais.

Em uma visita ao estúdio do velhinho, Samantha encontra uma peça que não
conhecia. Um belo quadro do anjo Gabriel, com uma espada na mão pronto
para matar um demônio deitado no chão. Ela fica impressionada com a obra
e pergunta ao velho a procedência da mesma:


- Encontrei no porão de uma igreja


Muito interessada pela peça, Samantha adquire o quadro, que tem um peso acima do normal para o seu tamanho e leva-o para casa.


Estudando com calma, Samantha descobre que o demônio registrado na tela é Belial, o demônio da arrogância e da loucura.


Chocada com a descoberta, Samantha deixa cair o quadro. O fundo se rompe
e ela encontra um livro negro, com palavras estranhas e o nome "Belial"
gravado na capa.


Ao ler as primeiras páginas, um ruído alto sai do solo. Luzes e fumaça
saem de uma abertura e de dentro do buraco sai o próprio Belial.


Desesperada, Samantha sai correndo em direção a porta da sua casa. Ela tenta fugir, mas é impedida pela criatura.


- Não fuja. Eu não lhe farei mal algum...-diz a criatura com um sorriso sereno.


- Quem é você? - pergunta.


- Eu sou aquele no quadro-,diz apontando seus dedos longos para o
quadro.Eu não permiti durante séculos que um mortal estudasse meus
poderes,mas voce foi a minha escolhida.


Samantha,impressionada e confusa e ao mesmo tempo curiosa diz:


- Diga-me o que fazer.


O demônio sorri, satisfeito..


-Você só precisa apagar a espada da mão do anjo e pintar uma outra na minha mão.


Samantha passou a noite em claro fazendo o que Belial havia lhe pedido.E
ela conseguiu.Quando acabou estava exausta e toda suja de tinta. Ela
desce as escadas até o porão de sua casa e enontra Belial deitado num
enorme sofá Dormindo.


-Mas o que eu ganho em troca? Ela disse alto.


- Tudo o que você que você desejar.


Samantha continuou aquele trabalho artístico como se estivesse num
transe. Suada e cansada pensava no que Belial tinha dito "Tudo o que
você desejar".. Aquilo martelava em sua mente a cada pincelada.


- Terminei! - disse Samantha num impulso e virou o quadro para o demônio.


- O quê?!? - Belial estava perplexo... Samantha pintara o anjo Gabriel agora cravando a espada no coração da criatura!


Belial inconformado com que ve, toma uma atidude inusitada ,e sem perder
tempo arranca o quadro das mãos de Samantha e com uma gargalhada
asustadora desaparese sem deixar vestigio.


A mulher muito casada desmaia e ao acordar percebe estar em um lugar
estranho, sombrio, frio e úmido com moscas pousando por todo o corpo.
Desesperada, ela perceebe estar dentro do próprio quadro, quando escuta o
voz de BELIAL.


Belial dá uma gargalhada insana e segura Samantha pelo pescoço,
levantando-a do chão. Quase sufocando, ela percebe que a a sombria
criatura segurava um punhal.


Belial crava o punhal no coração de Samantha, mas estranhamente ela
continua viva, sentindo aquela dor terrível. Não aguentando mais, ela
desmaia.


Acorda,pendurada por anzóis,que seguram sua carne. A dor é insuportável, e para sempre!


De seu trono feito de corpos humanos decompostos o demônio observa a
cena com serena paciência. Seu olhar é severo e seu rosto aústero como o
de um pai irritado com um filho desobediente.


-Minha pequena Samantha...- ele fala por fim com uma voz terna, porém
severa.-Por que fizeste isto contigo mesma? Não teria eu lhe entregue
toda a glória da terra por tua devoção? Agora paga tua ingratidão...


Samantha sente seu sangue quente jorrando por todos os poros de seu
corpo, Belial urrando como um animal insano ergue o punhal em nome de
Astaroth e desenha um pentagrama abaixo do corpo de Samantha.


Enquanto o sangue pinga sobre o símbolo, Samantha, ainda viva e
agonizando ve a forma do anjo que se cria de seu sangue sobre o
pentagrama. Suplicando pela ajuda de Gabriel Samantha desmaia


Samantha,então,desperta!.. Sim,foi um terrível pesadelo! De volta à
realidade, ela se pergunta o que haveria de ser tal sonho. Por fim,
decidiu ir ao estúdio do velho, o senhor Grisdom.


Entrando sem sequer anunciar tal pesadelo, Samantha o cumprimenta:


_Olá, Jorge!


_Samantha! Que surpresa!_ Disse o velho com sua rouca voz.


_Alguma novidade?_ Já demonstrava ansiedade.


_Na verdade, sim...


- Posso saber o que é?


- Tenho algo a lhe mostrar!


Ela entra no estúdio com o velho, e nesse exato momento seus olhos mudam
de expressão. Ódio, rancor e maldade ficam explicitos. O velho a olha
com medo.


E como se nada estivesse acontecendo ela ergue as mão para cima e começa pronunciar palavras nunca ouvidas antes.


- Ouija, abakan. Tei o vokho, nëo numima jeami kha! da la o ija kabeleum!


Samantha entra em estado de trase absoluto. De sua boca o demônio Belial
sai em forma de pus. Belial comemorava sua vitória sobre o corpo da
mortal, vendo a pobre alma definhar ao solo como uma peça de barro. Sim,
Samanhta estava possuida, mas não era por Belial.


Ao cair desfalecida, Belial tenta dar o golpe de misericórdia na pobre
infeliz. Ele a segura pelo pescoço pronto para lhe cortar a garganta,
quando ouve um som estranho. Belial hesita, olha para tras e vê o corpo
do velho Jorge amontoado no solo, como se não tivesse ossos. Sua
surpresa não lhe tira a concetração. Mas quando retorna o olhar para
Samanha, o monstro vê que está segurando o pescoço de Gabriel. O anjo
apunhala o demônio no peito e arranca-lhe o coração.


Gemendo e sem forças, Belial rasteja pelo chão em busca do livro. Quando
o encontra jogado embaixo de uma cadeira, é interceptado por um pé
iluminado. Samantha, agora vestida de branco e com um ramo de louro na
cabeça, pisa no pescoço da besta, que grita e se contorce. Sua força não
é o bastante para o poder de Samantha, que tira sua espada da cintura e
crava a lâmina na boca da besta. A espada atravessa a cabeça de Belial e
fica pregada no piso de madeira.


Urros ensurdecedores saiam daquele corpo, que recebeu mais duas facadas
de Samanha. Uma em cada olho. Belial se contorcia com uma força
descomunal enquanto as facas queimavam sei interior. Até que Gabriel deu
o golpe de misericórdia, decaptando a fera.


Seus gritos iam sumindo, da mesma forma que as imagens de Gabriel e
Samantha também. Os dois anjos desaparecem e vão ao encontro do criador
com sua tarefa cumprida.


A paz vai voltando a reinar no estudio do pequeno velho, que começa a
recobrar a forma. Samantha dera a sua vida para salvar o pobre velho,
que acorda como se nada tivesse acontecido. Seu estudio está como havia
deixado, exceto pelo novo quadro que tem em sua parede. Um quadro com
Gabriel e Samantha segurando uma espada que está cravada no peito de
Belial.
† Lobo †
† Lobo †
ADMINISTRADOR

Mensagens : 2175
Data de inscrição : 28/11/2011

Ver perfil do usuário https://www.sobrenaturalbrasil.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum