Sobrenatural Brasil
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Evangelho de Tomé

Ir em baixo

default Evangelho de Tomé

Mensagem por † Lobo † em Sab 10 Dez 2011 - 3:09

Evangelho de Tomé Sobren16

Até a primeira metade do século XX, a existência de um evangelho apócrifo denominado "de Tomé" só nos era conhecida através de informações e pequenos textos transmitidos por alguns escritores eclesiásticos, como Santo Hipólito de Roma, São Cirilo de Jerusalém e Santo Irineu.

Em 1945-1946, foram encontrados em Khenoboskion, nas proximidades de Nag-Hammadi, no Egito, diversos manuscritos em língua copta, entre os quais figurava um volume contendo o "Evangelho de Tomé".

Não é propriamente um evangelho destinado a apresentar, em seqüência natural, a vida e os ensinamentos de Cristo, mas um grupo ou antologia de 114 lógios ou ditos atribuídos a Jesus. Tanto assim que ficou também conhecido pelo nome de "ditos de Jesus". O "Evangelho de Tomé" foi encontrado na biblioteca de uma seita gnóstica, e reflete as idéias reinantes entre os primeiros gnósticos, tendo sido por isso considerado herético.

Alguns acham que ele poderia conter os ditos ou "logia" de Jesus, e por isso ele poderia ter sido usado na composição dos 4 Evangelhos Bíblicos. Isso teria acontecido porque achava-se que os Evangelhos teriam sido escritos tardiamente.

O Evangelho de Tomé:

O Evangelho de Tomé é um dos 52 textos da Biblioteca de Nag Hammadi, encontrada numa caverna no Egito em 1947. Este Evangelho, escrito em copto, a língua do Alto Egito no início de nossa era, é uma tradução de um original grego, provavelmente escrito em meados do primeiro século. Portanto, ele é um dos documentos mais antigos de nossa tradição cristã, já que os quatro Evangelhos incluídos na Bíblia foram escritos provavelmente entre os anos 80 e 120 de nossa era.

O Evangelho de Tomé é uma coleção de ditados de Jesus, que guarda certas semelhanças com o assim chamado Evangelho de "Q" (inicial de Quelle, alemão para 'fonte'), que os eruditos bíblicos acreditam teria sido a fonte de parte dos ditados incluídos em Mateus e Lucas. Os estudiosos acreditam que as versões dos ditados de Jesus encontradas em Tomé seriam, em geral, versões mais originais do que a dos evangelhos canônicos, que teriam sofrido modificações e editorações ao longo dos séculos.

Sua autoria é atribuída a Tomé, que é chamado logo no início do texto de "irmão gêmeo" de Jesus. Este parentesco deve ser entendido no seu sentido esotérico. Tomé seria um discípulo que havia alcançado um estado de realização interior que o tornava um gêmeo espiritual do Salvador. O caráter esotérico do Evangelho é reiterado no primeiro versículo, em que é dito que quem descobrir o significado dos ensinamentos de Jesus ali contidos, não provará a morte. Essa era a postura gnóstica daquele tempo e que continua válida em nossos dias. 

Como os ensinamentos de Jesus eram velados em linguagem simbólica, para descobrir a sua interpretação o discípulo teria que alcançar um elevado estado de consciência, no qual recebia a gnosis, ou seja, o conhecimento direto da verdade, uma verdadeira revelação espiritual, que conferia um estado de unidade com o Todo e a experiência da verdadeira natureza do ser, que é a alma. Como a alma é imortal, quem se identifica com a alma não experimenta a morte, ainda que inevitavelmente seu corpo físico, a vestimenta de carne da alma, venha a perecer.

O estudo meditativo dos ensinamentos internos de Jesus contidos no Evangelho de Tomé, usando as quatro chaves conhecidas para a interpretação da simbologia esotérica, pode ser altamente revelador para todo cristão desejoso de conhecer os ensinamentos esotéricos do Mestre.

Finalizando, existem:

Evangelho Pseudo-Epigrafo de Tomé:

Traduzindo seria como um falso, falso evangelho de Tomé o apóstolo. O que quer dizer isso? Bom significa que, trata-se de um texto de autoria de um Tomé, filósofo de Israel que viveu no século II. O complemento deste evangelho pode ser conferido no Pronto-Evangelho De Thiago.

Pseudo-Epigrafo Atos de Tomé

Texto gnóstico - Os textos chamados Atos de Tomé, também gnóstico, só falam de Jesus adulto, e é um belo Texto por sinal.

Evangelho Segundo Tomé o Didimo

Texto Gnóstico - O Verdadeiro Evangelho Gnóstico De Tomé o Apóstolo de Jesus, conhecido como, Evangelho Segundo Tomé o Dídimo. Ele é lindo, confira o filme Stigmata, fala sobre sua importância.
† Lobo †
† Lobo †
ADMINISTRADOR

Mensagens : 2236
Data de inscrição : 28/11/2011

Ver perfil do usuário https://www.sobrenaturalbrasil.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum