Sobrenatural Brasil
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

APARTAMENTO 22

Ir em baixo

default APARTAMENTO 22

Mensagem por † Lobo † em Dom 4 Mar 2012 - 20:21

De 1978 a 1982 morei em um apartamento em Santo Amaro, bairro aqui da cidade de São Paulo.Era em um conjunto de prédios próximo à Avenida das Nações Unidas.Não vou dar o endereço completo, apenas seu número, apartamento 22.

O apartamento era enorme, do tipo que não se constrói mais em bairros como Santo Amaro, de três quartos, e muito antigo já naquela época.

Engraçado que no primeiro ano não reparei em nada estranho, até que ganhei de natal um brinquedo chamado Pega-Pega Troll.Os mais antigos conhecem, mas para resumir,era mais ou menos igual a um Autorama, onde o objetivo era um carrinho perseguir o outro. Brincamos muito, eu e minha irmã e fomos dormir, e o brinquedo ficou montado no outro quarto, que era uma espécie de dispensa.

Durante a noite minha irmã e eu começamos a ouvir um barulho alto e irritante. Ouvimos um pouco mais e percebemos que era o brinquedo, funcionando sozinho! Dava para ouvir sem medo de errar os carrinhos correndo e se batendo...

Assim que levantamos da cama o barulho parou. Fomos olhar e todo o brinquedo estava na mesma posição que deixamos. Depois disso, passou a ser comum ouvir a televisão se ligar sozinha durante a noite. (televisões antigas, logicamente sem recursos como timer).

Uma noite eu estava assistindo "O Grande Ditador". Desliguei a TV e fui dormir antes do final do filme, porém pude ouvir todo aquele discurso final de Chaplin da minha cama. Reparei que não podia deixar um filme pela metade, pois a TV sempre se ligava sozinha nestes casos.

Diversas vezes a maçaneta da porta de entrada se movia violentamente. Impossível que houvesse alguém do lado de fora, pois seria fácil ouvir passos na escada, que era muito próxima da porta.

Eu e minha irmã somos bem alérgicos, e na época cada um usava um tipo de descongestionante nasal, que ficava ao lado da cama. Certa manhã acordei com o remédio dela ao meu lado. Quando fui falar alguma coisa, ela me disse: -Kleber, o que seu remédio está fazendo comigo? Quando tomamos pé do ocorrido, imediatamente encerramos o assunto.

Depois que nos mudamos tive vários pesadelos em que havia voltado a morar lá. Nunca soube o que acontecia naquele lugar.

e-mail para contato: [email protected]

Kleber Lopes Galvão - São Paulo - S.P.
Bom Medo ExtremoAPARTAMENTO 22 Novas10
Fonte: alemdaimaginacao.com
† Lobo †
† Lobo †
ADMINISTRADOR

Mensagens : 2236
Data de inscrição : 28/11/2011

Ver perfil do usuário https://www.sobrenaturalbrasil.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum