Sobrenatural Brasil
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

PEQUENOS DIABINHOS

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ir em baixo

default PEQUENOS DIABINHOS

Mensagem por † Lobo † em Qui 17 Jan 2013 - 16:56

Um dia desses estava voltando para casa. Como não tenho carro, pego o ônibus. O ônibus me deixa na avenida, e de lá eu tenho que andar um pouco até chegar em casa, são cerca de 7 quarteirões.

Já fazia um tempo que os poucos postes que tem na minha rua estavam com a lâmpada queimada, o que deixava a rua muito escura, só com as luzes fracas das casas iluminando um pouco a área. Mas eu nunca tive medo de andar por lá. É uma vizinhança segura.

Nesse dia depois de entrar na minha rua e andar metade do caminho para a minha casa, eu passei por uma rua que só tem um poste. Eu não sei o que esse poste tem, mas a luz está sempre fraca e quase não ilumina a rua. Quando eu estava passando por ela, eu vi uns garotos brincando com algo que parecia ser um cachorro. Eu atravessei a rua e estava indo embora, quando notei que não estavam brincando, e sim maltratando o cachorro, jogando pedras e chutando ele. "Essa molecada não respeita nada hoje em dia" eu pensei comigo mesmo, então resolvi ir lá dar um fim nisso.

Enquanto me aproximava deles soltei um grito "Hei, parem com isso, deixem o cachorro em paz!" Então os três garotos que estavam lá pararam e olharam para mim. "É, vocês três, parem com isso! Isso é uma covardia!" Enquanto eu me aproximava, os três garotos se entre olharam e cochicharam alguma coisa que eu não pude ouvir. Eu já estava preparando aquele sermão, quando o cachorro aproveitou que a atenção deles não estava mais nele e saiu correndo. Quando ele fez isso, ele ativou uma dessas luzes com sensor de movimento da garagem de uma casa que tinha lá do lado. Quando a luz acendeu o meu coração parou.

O que parecia ser três garotos, não eram três garotos. Eram três criaturas humanóides, com peles escuras, quase negras. Estavam vestindo trapos. Não tinham mais que 1,20m de altura, eram MUITO magras e os ossos da coluna pareciam sair da pele. E tinham cabelos compridos que passavam dos ombros.

Quando eu vi aqueles bichos na rua a poucos metros de mim, eu entrei em pânico e sai correndo na direção oposta. Um deles gritou alguma coisa e os outros dois responderam algo. Eu não consegui entender nada (e nem quero saber o que eles podem ter dito), mas a voz deles era algo assustador. Uma voz muito grave e profunda, muito grossa que parecia ser proferida por um gigante, mas saindo de criaturas que pareciam crianças. Eu olhei para trás e eles estavam correndo atrás de mim, soltando gritos, naquele tom grosso que parecia um trombone desafinado. Depois de dois quarteirões eles pararam de me perseguir e assim que eu cheguei em casa eu me tranquei lá dentro. Tentei disfarçar, tentando fingir que não estava nervoso, para os meus pais não se preocuparem com nada, e também por que eu sei que aquilo não era uma coisa que dava para ser explicada facilmente.

Eu acabei mudando a rota que eu faço para voltar para casa, mas já passei por aquela rua mais algumas vezes de noite e nunca mais vi aqueles pequenos diabinhos. Não sei por que estavam lá ou por que estavam maltratando o cachorro, e é algo que eu nunca vou saber. Nunca mais vi aquele cachorro também. Espero que os diabinhos não tenham ido atrás dele depois de me botarem para correr.

Flávio Augusto - São Paulo - S.P.
Bom Medo ExtremoPEQUENOS DIABINHOS Novas10
Fonte: alemdaimaginacao.com
† Lobo †
† Lobo †
ADMINISTRADOR

Mensagens : 2175
Data de inscrição : 28/11/2011

Ver perfil do usuário https://www.sobrenaturalbrasil.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum